?Por que usar esfoliantes? Dicas e tipos de produtos?

Via de regra, para todas as mulheres, o cuidado com a pele é realmente uma obsessão. Ao acordar pela manhã e olhar no espelho, desejamos ver uma pele mais macia, mais cheia de vida e sem rugas ou marcas de expressão. Todas estamos em busca de uma pele mais macia, hidrata e bonita, sem manchas ou imperfeições.  E é neste exato sentido que os esfoliantes acabaram se tornando uma das melhores opções para quem quer uma pele mais fresca, sedosa e bonita. Ela é muito recomendada para a pele do rosto, pois é uma forma de renovar as células, e deixar de lado todas as células mortas que se acumulam e acabam impedindo o desenvolvimento saudável e adequado da pele.

Vamos entender como os esfoliantes funcionam?

Como funciona a esfoliação?

A esfoliação nada mais é do que uma forma suave de “ferir” a pele do rosto, com o objetivo de retirar a camada mais externa da sua pele, exatamente onde as células mortas e as impurezas costumam acumular-se. Através desta abrasão, a pele é delicadamente retirada, e abre caminho para células novas, se desenvolver melhor, sem que ainda tenham tido que sobreviver a todas as dificuldades da nossa vida moderna, como o sol, água com cloro e poluição.

Quais são os cuidados com a esfoliação?

Este pequeno processo tem uma série de vantagens. A principal delas é de fato a renovação da pele, e claro, também promove um rejuvenescimento genuíno no que diz respeito a sua aparência. A esfoliação pode diminuir pequenas manchas e marcas e espinhas e similares, se estiverem situadas na parte mais superficial da pele. A pele é sensível quando você esfolia ela, por isso tome cuidado. É melhor você realizar este procedimento no fim do dia, e ao acordar, use protetor solar para que nada de ruim venha a acontecer. A indicação também é que logo após esfoliar a pele, você deve hidrata-la. Dessa forma você conseguirá ter uma aparência muito melhor, com a pele jovem e sem marcas.

Quais são os tipos de esfoliantes?

Existem diversos tipos de esfoliantes, mas de forma geral eles se dividem em duas categorias:

  • Os esfoliantes físicos usam micro partículas para criar uma abrasão física, que renova a pele, mas a deixa mais sensível. Apesar de ser menos agressivo que a abrasão química pode ser menos eficiente, dependendo do seu tipo de pele (peles mais oleosas precisam de uma esfoliação física mais potente, enquanto as, mas secas precisam de produtos que ofereçam grande hidratação).
  • Já os esfoliantes químicos trabalham com uma pequena quantidade de ácido, que faz a destruição dos tecidos mortos e abre caminho para as novas células.
  • E ambos os casos, existem produtos a serem comprados nas melhores perfumarias que tem especificidades bem específicas. Existem também receitas caseiras, envolvendo mel, açúcar e tantas outras receitas.

De uma forma ou de outra, escolher o tipo de esfoliante adequado para a sua pele é fundamental e, como podemos ver, pode fazer toda a diferença na sua beleza. Se você sentir qualquer tipo de irritação, sua pele quebradiça e qualquer tipo de ferida, consulte um médico.

Gostou do texto? Que tal um vídeo que fala sobre este assunto para ficar ainda mais por dentro?

Leave a Reply