?Lavagem de roupas: 5 dicas que você provavelmente não sabe?

Quando precisamos aprender a lavar roupas, geralmente nos ensinam de maneira meio apressada, isso quando chegam a nos ensinar, não é mesmo? Muitas pessoas só tiveram de encarar uma máquina de lavar pela primeira vez quando saíram de casa ou então em uma situação emergencial, quando a mãe ou a diarista não puderam fazê-lo.

Ainda que você já lave roupas há bastante tempo e se considere muito boa nisso, é sempre bom aprender algumas dicas que podem fazer sua rotina e as suas roupas ficarem bem melhores, não é? Leia esse post até o final e fique por dentro de várias dicas que te ajudarão a deixar sua lavagem de roupas mais organizada, para que as roupas não se desgastem, além de programar corretamente o tempo de molho para cada tipo de roupa.

Como separar suas roupas além das cores?

Além de separar as peças de roupa entre brancas e coloridas, você também deve separar as coloridas manchadas, que deverão ter um molho diferente e colocar as roupas mais frágeis, como a lã, o tricô e o crochê, além das peças íntimas dentro daqueles saquinhos protetores de roupas, que podem ser encontrados em vários lugares.

Como deve ser o molho das roupas?

Ao contrário do que muitos afirmam, o molho das roupas é extremamente importante no processo de lavagem de roupas, e você pode deixar as roupas brancas de molho até mesmo de um dia para o outro. Quanto às roupas coloridas, devem ficar no máximo de 15 a 20 minutos, pois o molho faz com que as cores desbotem aos poucos.

Já usou álcool nas roupas brancas?

Pois é! Você sabia que ao usar uma medida de álcool junto com o sabão em pó deixará as roupas brancas ainda mais brancas? Essa é uma ótima forma de economizar, pois não será mais necessário investir em alvejantes caros, que nem sempre surtem algum resultado satisfatório.

Use o mínimo de pregadores possíveis

Os pregadores acabam estragando as roupas. O mais indicado é que você consiga estender as roupas em cabides, porém, se não tiver outro jeito, você deve usar o mínimo de pregadores possível, unindo duas peças com o mesmo pregador.

Dicas para preservar os diversos tipos de tecido:

Lã: Para que a peça de lã não encolha nem estrague suas tramas, é só lavar à mão ou com os saquinhos protetores em temperatura ambiente e colocá-las para secar em posição horizontal.

Algodão: Não lave as peças desse material em água quente e, caso as roupas sejam coloridas, é muito importante lavá-las separadas de outras peças de roupa na primeira vez, pois elas desbotarão um pouco.

Seda: Esse é um tecido bem leve e que se desfaz super fácil, portanto nunca torça ou centrifugue. Peças desse material também devem ser lavadas à mão, Além disso, você não deve usar vapor ao passar.

Linho: No caso desse material, é muito parecido com a seda: procure lavá-lo à mão pela facilidade de destruir as fibras. Esse tecido pode ser passado tranquilamente, afinal ele amassa muito.

Acetato, viscose e outros tipos de tecido sintéticos: não devem ser centrifugados para evitar deformação e é melhor nem passar, pois peças desses materiais queimam com uma facilidade absurda.

Poliéster Nylon e lycra: Também são peças delicadas que devem ser lavadas em água morna, e o ideal também é evitar passar as roupas desses tecidos, afinal, a probabilidade de queimar as peças enquanto as passa é muito grande.

Agora você já está pronta para arrasar na lavagem de roupas!

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

 

Leave a Reply