🥇Azul Tiffany na decoração: Você sabe como combinar?🤔

A cor turquesa, que recentemente ficou muito popular como azul Tiffany, é uma cor super em alta para o quesito decoração, pois é divertida e dá um destaque na a decoração, mas, ainda que seja linda, ela é considerada um pouco difícil de combinar.

Saiba nesse post como usar o azul Tiffany na decoração da sua casa, quais os detalhes e a mensagem que essa cor transmite, além dos diferenciais que o azul Tiffany tratá para o seu cômodo.

Por que é tão difícil combinar o azul Tiffany?

O azul Tiffany pode ser considerado uma cor difícil para ser combinada por ser uma cor bem no “meio do caminho”. Ela não chega a ser um tom pastel nem vibrante demais. Não chega a ser uma cor cítrica, mas também não tem aquele ar de cor fria, o que faz dela uma cor bastante versátil e ousada. Justamente por isso ela foi associada a uma das mais famosas joalherias do mundo, sendo incorporada à sua identidade visual e fazendo com que a cor começasse a ser um sinônimo de elegância e sofisticação.

O que pouca gente sabe, no entanto, é que justamente por ser tão diferente e fresco, o azul Tiffany pode ser usado com a ideia de arejar ambientes mais fechados, auxiliar na iluminação e também dar aquele ar retrô, pois remete às cores de carros e eletrodomésticos usados amplamente nas décadas de 50 e 60.

O azul Tiffany é divertido, envolvente e também diferenciado. Além de ser muito eficiente para quem deseja uma cor que transmita a sensação do retrô e do moderno ao mesmo tempo, sendo refrescante e levemente calmante, ao mesmo tempo em que passa uma sensação de alegria e  inocência infantil.

Por falar em crianças, independentemente do sexo do seu bebê, o azul Tiffany é uma ótima ideia para elementos do quarto dele, ou até mesmo como uma cor predominante, pois fará com que ele tenha dias ativos, mas não irritadiços, por também ser uma cor calmante, além de noites tranquilas e repousantes.

Quais os cuidados para combinar o azul Tiffany?

Ainda que seja uma cor muito tranquila e fácil de ser combinada, o azul Tiffany não deve ser usado como cor de apoio (que é uma cor mais neutra e menos expressiva, usada para dar contraponto a uma cor mais forte), justamente por ser totalmente energética e, dependendo da cor que você utilize junto a ela, pode ser um problema. Não recomendamos combinar o azul Tiffany com cores muito quentes e berrantes, no entanto, o azul Tiffany combina super bem com tons amadeirados e terrosos de marrom e até mesmo algo mais claro, como o laranja, mas sempre  deve estar em posição de liderança e destaque.

No caso de elementos mais pontuais do azul Tiffany, ele é indicado para ficar como o destaque de uma decoração mais sóbria, pois passa um ar divertido e romântico que pode ser de um móvel, armário, eletrodoméstico (geladeiras com design vintage ficam lindas em azul Tiffany) e até mesmo em murais e outros itens decorativos.

Use o azul Tiffany com moderação, pois é super fácil se perder com uma cor tão marcante e, se você perceber que ele está se destacando demais, tente trocar a peça de lugar, pois esta cor pode se tornar bastante temperamental entre cores mais vivas, criando uma verdadeira guerra de cores, que vai acabar com qualquer tentativa de tornar esse ambiente mais acolhedor e confortável.

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

 

Leave a Reply