🥇Vacinação🤔

Todo mundo aqui no Brasil sabe que a a imunização de crianças através de vacinas é gratuita e que atinge uma grande parte da nossa população. Entretanto, nos EUA e em países europeus, o número de pessoas que são contra a vacinação, só aumenta. ?Neste artigo, entenda porque não tomar vacinas é extremamente perigoso para a sua saúde qual é o propósito das vacinas.

Como funcionam as vacinas normais?

Basicamente, a cura geralmente é o próprio veneno! Isso mesmo! Utilizando alguns dos compostos que são derivados dos agentes agressores, as vacinas que conhecemos agem fazendo com que nosso organismo reconheça este agente como um inimigo a ser atacado, o que impulsiona ele a criar anticorpos específicos.

É importante tomar vacina?

Mais do que apenas proteger as pessoas das doenças de difícil tratamento e que podem provocar até a morte, quando a maior parte população está imune a uma doença, é quando é gerada o que os médicos chamam de “imunidade de rebanho”. Este efeito protege as crianças que não podem ser imunizadas ainda de terem doenças relacionadas a isso.

Qual o perigo de não se vacinar, ou não vacinar seus filhos?

O perigo está em começar uma série de novas doenças e aumentar o número de mortes. A vacinação no Brasil erradicou sérias doenças como a poliomielite e o sarampo.  E se boa parte da população decidir parar de se vacinar, doenças erradicadas voltarão a provocar grande número de mortes.

As vacinas são seguras?

De forma geral sim, mas nenhum medicamento realmente seguro. Todas elas podem gerar um ou outro efeito colateral, contudo atualmente as vacinas no Brasil são muito seguras e eficazes. Efeitos colaterais como vermelhidão no local aplicado, febre e mal estar, são comuns mas nada que não valha a pena não é mesmo?

Quais vacinas devem ser tomadas?

O calendário de vacinação começa bem cedo, nas primeiras semanas de vida do bebê, e começa com as vacinas contra tuberculose e hepatite B. Depois, com dois meses, a criança deve receber a segunda dose da vacina de hepatite B e as primeiras doses das vacinas contra tríplice bacteriana, Haemophilus influenzae, poliomielite, pneumococo e contra o rotavírus. Aos três meses vem a dose da vacina contra o meningococo C. Aos quatro meses, vem as segundas doses de vacinas contra tríplice bacteriana, Haemophilus influenzae, poliomielite e pneumococo, sendo a segunda dose contra o meningococo C no mês seguinte. Aos seis meses do bebê, ele tomará a segunda dose contra o rotavírus e as terceiras doses das vacinas contra hepatite B, tríplice bacteriana, Haemophilus influenzae, poliomielite e pneumococo. Dos 12 aos 18 meses o bebê precisa tomar reforços para todas essas vacinas e de 12 aos 24 meses tomam-se as primeiras e segundas doses contra a tríplice viral, varicela e hepatite A. De quatro aos seis anos tomam-se os reforços para poliomielite, tríplice bacteriana e meningococo C.

Onde você pode se vacinar?

A grande parte das vacinas obrigatórias podem ser tomadas em postos de saúde. Elas são disponibilizadas gratuitamente. Enquanto as que não houverem disponíveis lá, você poderá tomar em clínicas particulares, como por exemplo a vacina contra HPV.

Leave a Reply