Tag: roupas

? Ferro a vapor: Como funciona? Como escolher? Qual marca é melhor? Saiba AQUI! ?

Ainda que algumas pessoas tenham deixado de usá-lo, a verdade é que o ferro a vapor é um item simplesmente indispensável. Atualmente no mercado existem diversas opções de ferro, desde os mais clássicos, que funcionam sem água, até o ferro a vapor vertical. Todos os modelos possuem pontos negativos e positivos que devem ser levados em consideração na hora de comprar, sempre pensando nas suas necessidades, afinal, o ferro pode fazer com que sua tarefa de passar roupas seja bem menos cansativa, desde que seja feita a escolha certa.

Leia esse post até o final e fique por dentro dos principais modelos de ferro e quais as suas características!

Como funcionam os ferros a vapor?

O calor que emana do ferro faz com que as fibras do tecido se amassem até ficarem totalmente lisas. O vapor que sai do ferro ajuda muito, pois deixa essas fibras bem mais macias, o que torna as peças muito mais fáceis de se passar.

Ferro a vapor vertical

O Steamer, também chamado de ferro a vapor vertical, é amplamente utilizado em lojas, de modo que as vendedoras ou estoquistas possam passar rapidamente as roupas antes de inseri-las na vitrine ou então nas araras de forma mais rápida, sem a necessidade de usar uma tábua de passar, pois a maior praticidade do Steamer é justamente passar as roupas diretamente no cabide.

O Steamer também é conhecido como vaporizador de roupas, e geralmente vem acompanhado de uma luva térmica, afinal, é necessário segurar a peça de roupa no cabide ou no gancho enquanto está passando. Isso ajuda a tornar a tarefa bem mais rápida e prática.

É importante frisar que o ferro a vapor vertical é uma das melhores opções para fazer com que as suas roupas durem mais, pois nesse caso não existe, diferentemente do uso do ferro tradicional, o contato direto do tecido com uma chapa de ferro a uma temperatura altíssima, o que acaba deixando a roupa queimada e desgastada com o passar do tempo, ainda que não seja perceptível na hora.

Como escolher o modelo ideal?

Você deve se atentar para uma série de fatores na hora de fazer a escolha do seu ferro a vapor:

  • Procure um ferro a vapor que também tenha a opção de “passar a seco”, pois cada função é boa para um tipo de tecido específico;
  • Os melhores modelos de ferros a vapor tem a base feita de resilium (anodizada), pois esse material tem uma durabilidade super alta, não risca, é mais fácil de limpar, não mancha e desliza muito melhor sobre os tecidos.
  • Opte por modelos com desligamento automático, dessa forma você evitará acidentes caso esqueça o ferro ligado.
  • Praticamente todos os ferros a vapor atuais já vem com um sistema antigotejamento e de auto limpeza. Melhor ainda se tiver o recurso de Vapor Extra, pois ele pode deixar as roupas ainda mais lisas, principalmente se a roupa for de linho, por exemplo, que é mais difícil de passar.

Ferro tradicional ou ferro a vapor?

Na verdade, não é preciso escolher entre um e outro. Você pode simplesmente optar por um ferro a vapor que tenha também a opção a seco, dessa forma você terá o melhor dos dois!

Para o caso de roupas de seda, por exemplo, o vapor pode acabar manchando a peça, portanto, o recomendado é sempre usar a opção “a seco”.

Quais as melhores marcas?

Existem inúmeras marcas que vendem ferro a vapor atualmente, e por isso mesmo, o valor dele pode variar muito. Além disso, outro fator que afeta diretamente no preço é o material da base do ferro, que pode ser antiaderente, de cerâmica, quartzo ou resilium.

Independente da base, as marcas eleitas as melhores de 2018 foram a Philips-Walita, seguida pela Electrolux e depois a  Black & Decker.

É super importante frisar que cada uma dessas marcas têm várias opções diferentes de ferro a vapor, e que antes de escolher o ferro que você comprará, é sempre bom conferir as características de cada um deles na embalagem, e avaliar o melhor custo benefício para o seu bolso.

Vale a pena comprar um ferro a vapor?

Com toda a certeza vale. Como você pôde perceber, o ferro a vapor oferece muita praticidade para o seu dia-a-dia e facilita a sua vida! Imagina só sair de casa com a roupa toda amarrotada para um evento ou uma entrevista de emprego?! Não dá, né? Ainda mais que roupa amassada passa aquela aparência de desleixo para as outras pessoas.

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

?Como passar roupa de forma mais fácil??

Passar roupa não é uma das atividades mais fáceis e prazerosas dentre os afazeres de casa, mas tirar aquela peça de roupa do armário sem nenhum amassado acaba compensando todo o sacrifício, não é?

Saiba que existem algumas dicas e truques para fazer com que essa atividade fique mais tranquila, além de algumas boas dicas para economizar energia elétrica. Tudo isso você encontrará nesse post, é só ler até o final!

O processo de passar roupa começa antes de ligar o ferro

Passar roupa é  considerada a parte final do processo da lavagem. As peças geralmente vêm muito emboladas, ainda meio torcidas pelo processo de centrifugação da máquina e tudo isso faz com que o processo de tirar todos estes amassados se transforme num caos.

Você pode começar a facilitar a atividade de passar roupas a partir da lavagem, primeiramente não sobrecarregando a sua máquina com mais peças do que a recomendação de fábrica. Além de aumentar a vida útil da sua máquina, você ainda terá roupas bem menos amassadas pelo processo de centrífuga e as peças se manterão bonitas por mais tempo.

O ato de estender as roupas também pode facilitar na hora de passar as roupas. Procure colocar camisas sociais e camisetas para secar em cabides, dessa forma elas perdem parte dos amassados de forma natural. Outra dica ótima para esta parte do processo é dobrar as roupas logo depois de tirá-las do varal. Isso faz com que elas tenham ainda menos amassadas quando chegar a vez delas serem passadas.

Dicas para o momento de passar a roupa

É fundamental esperar acumular uma boa quantidade de roupas antes de ligar o ferro para passá-las,dessa forma você evita esquentar o ferro várias vezes sem necessidade e diminui a sua conta e luz.

Além disso, procure fazer uma separação e ordenar as suas roupas para serem passadas por ordem de necessidade e da configuração do ferro de passar. Um dos erros mais comuns que as pessoas cometem ao passar roupas é separá-las por membro da família. É bem mais interessante separar pelo tipo de peça, passando todas as camisetas, calças, etc., e deixar para separar depois. Isso fará com que você perca menos tempo mudando a temperatura e a umidade do ferro, o que também ajudará na sua durabilidade.

Outra dica para quem usa as tábuas de passar mais tradicionais é colocar papel alumínio debaixo do tecido da tábua de passar, dessa forma você aumentará a capacidade da tábua de acumular o calor do ferro e vai evitar que você precise passar diversas vezes o mesmo lado da sua peça de roupa.

Em relação à organização das peças, procure organizá-las sempre das mais finas para as mais grossas, assim quando você for passar um jeans pesado, o ferro já estará mais quente, das outras peças que foram passadas, o que será de grande ajuda.

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

?Lavar roupas brancas: dicas importantes e cuidados?

Com o verão, nossa vontade de usar roupas claras aumenta muito, não é mesmo? As roupas brancas estão entre as favoritas, porém, nada pior do que ter problemas como aquela sua peça de roupa branca favorita. Falaremos a seguir sobre como lavar corretamente as roupas brancas, sem estragá-las nem gastar muito dinheiro com produtos especializados, além de várias outras dicas incríveis!

Quais são os problemas das roupas brancas?

Infelizmente a quantidade de agentes que podem amarelar as roupas brancas é tão grande que fica difícil falar de todas elas. Além das manchas, que ficam destacadas e praticamente inutilizam as roupas brancas, tem também o amarelamento que as peças adquirem quando se usa alvejantes com cloro, as marcas de ferro, entre tantas outras possibilidades. A notícia boa em relação ao processo de clarear roupas brancas é que você tem duas formas bem diferentes de lavar roupas brancas: uma delas é usando os produtos comerciais destinados especialmente a isso, a outra é utilizar as diversas soluções caseiras que estão à disposição.

Quais as formas de lavar as roupas brancas?

Quando se trata dos produtos comerciais para branquear as roupas, logo pensamos em linhas de produtos como o Vanish, pois trazem soluções sem cloro para deixar as roupas ainda mais brancas. Apesar do valor elevado, esses produtos preservam melhor das roupas do que as soluções com cloro, embora encontrem um pouco de dificuldade para tirar aquelas manchas mais encardidas das roupas brancas que podem precisar de mais do que uma lavagem.

Ao conhecer os métodos caseiros de lavar roupas brancas para remover as manchas e encardidos, você irá perceber que existem coisas bem simples que podem ser feitas pelas roupas brancas:

  • Lavar em água morna: Sempre verifique a etiqueta. Se a roupa puder ser lavada em água morna, faça-o. A temperatura da água vai ajudar o sabão e outros produtos a trabalhar melhor as manchas e o amarelado. Tome cuidado, porém, com lã e os outros tecidos naturais, pois eles podem encolher de forem lavados com água morna.
  • Molho em álcool: O álcool é super útil para clarear as roupas, podendo ser usado de várias formas. Algumas pessoas, inclusive, acrescentam vodca em garrafas com spray e usam como tira manchas e desodorizadores de roupa. Você pode usar de forma similar ao alvejante, deixando de molho por uma ou duas horas e então lavando normalmente.

  • Açúcar e alvejante: Existem pessoas que afirmam que a reação que o cloro tem com as roupas brancas, deixando-as amareladas, é relacionado diretamente à acidez. Assim como é feito na culinária, o açúcar é usado para neutralizar a acidez do cloro. basta acrescentar cerca de cinco colheres de sopa de açúcar à água com alvejante e deixar de molho como sempre.
  • Deixar ao sol: Com certeza sua avó tinha o costume de deixar as roupas brancas expostas ao sol e elas ficavam bem mais brancas, não é? Que tal fazer o mesmo? Secar as roupas brancas ao sol é um das melhores maneiras de recuperar o brilho delas naturalmente. É bom tomar cuidado, no entanto, pois isso também pode prejudicar as fibras e acabar diminuindo a vida útil das roupas.
  • Use leite nas peças de seda: se a peça de seda está amarelada, basta deixá-la de molho no leite integral por 24 horas e em seguida enxaguar com água e a deixá-la secar à sombra.

Existem diversas opções para melhorar o processo de lavagem de roupas brancas no seu dia-a-dia.

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

 

?Lavagem de roupas: 5 dicas que você provavelmente não sabe?

Quando precisamos aprender a lavar roupas, geralmente nos ensinam de maneira meio apressada, isso quando chegam a nos ensinar, não é mesmo? Muitas pessoas só tiveram de encarar uma máquina de lavar pela primeira vez quando saíram de casa ou então em uma situação emergencial, quando a mãe ou a diarista não puderam fazê-lo.

Ainda que você já lave roupas há bastante tempo e se considere muito boa nisso, é sempre bom aprender algumas dicas que podem fazer sua rotina e as suas roupas ficarem bem melhores, não é? Leia esse post até o final e fique por dentro de várias dicas que te ajudarão a deixar sua lavagem de roupas mais organizada, para que as roupas não se desgastem, além de programar corretamente o tempo de molho para cada tipo de roupa.

Como separar suas roupas além das cores?

Além de separar as peças de roupa entre brancas e coloridas, você também deve separar as coloridas manchadas, que deverão ter um molho diferente e colocar as roupas mais frágeis, como a lã, o tricô e o crochê, além das peças íntimas dentro daqueles saquinhos protetores de roupas, que podem ser encontrados em vários lugares.

Como deve ser o molho das roupas?

Ao contrário do que muitos afirmam, o molho das roupas é extremamente importante no processo de lavagem de roupas, e você pode deixar as roupas brancas de molho até mesmo de um dia para o outro. Quanto às roupas coloridas, devem ficar no máximo de 15 a 20 minutos, pois o molho faz com que as cores desbotem aos poucos.

Já usou álcool nas roupas brancas?

Pois é! Você sabia que ao usar uma medida de álcool junto com o sabão em pó deixará as roupas brancas ainda mais brancas? Essa é uma ótima forma de economizar, pois não será mais necessário investir em alvejantes caros, que nem sempre surtem algum resultado satisfatório.

Use o mínimo de pregadores possíveis

Os pregadores acabam estragando as roupas. O mais indicado é que você consiga estender as roupas em cabides, porém, se não tiver outro jeito, você deve usar o mínimo de pregadores possível, unindo duas peças com o mesmo pregador.

Dicas para preservar os diversos tipos de tecido:

Lã: Para que a peça de lã não encolha nem estrague suas tramas, é só lavar à mão ou com os saquinhos protetores em temperatura ambiente e colocá-las para secar em posição horizontal.

Algodão: Não lave as peças desse material em água quente e, caso as roupas sejam coloridas, é muito importante lavá-las separadas de outras peças de roupa na primeira vez, pois elas desbotarão um pouco.

Seda: Esse é um tecido bem leve e que se desfaz super fácil, portanto nunca torça ou centrifugue. Peças desse material também devem ser lavadas à mão, Além disso, você não deve usar vapor ao passar.

Linho: No caso desse material, é muito parecido com a seda: procure lavá-lo à mão pela facilidade de destruir as fibras. Esse tecido pode ser passado tranquilamente, afinal ele amassa muito.

Acetato, viscose e outros tipos de tecido sintéticos: não devem ser centrifugados para evitar deformação e é melhor nem passar, pois peças desses materiais queimam com uma facilidade absurda.

Poliéster Nylon e lycra: Também são peças delicadas que devem ser lavadas em água morna, e o ideal também é evitar passar as roupas desses tecidos, afinal, a probabilidade de queimar as peças enquanto as passa é muito grande.

Agora você já está pronta para arrasar na lavagem de roupas!

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

 

You cannot copy content of this page