Tag: limpeza

? Óleo de peroba: Quais são os benefícios? Como usar? Como fazer em casa? ?

O óleo de peroba vem sendo usado há muitos anos devido às suas propriedades benéficas à limpeza e conservação dos móveis de madeira. Por ser relativamente fácil de encontrar e não ter um preço muito elevado, vem sendo usado até os dias de hoje.

Leia esse post até o final e saiba tudo sobre o óleo de peroba, inclusive como fazer seu próprio óleo de peroba caseiro!

O que é óleo de peroba?

O óleo de peroba é um composto, feito a partir de diversos óleos e solventes vegetais e minerais.  “Óleo de Peroba” é, na verdade, o nome da merca de um produto destinado à limpeza e conservação de móveis de madeira. Super conhecido pelo seu custo/benefício, é considerado por muitos um dos melhores produtos com a finalidade de conservação de móveis de madeira, com um preço bem acessível.

Para que serve o óleo de peroba?

ele é amplamente usado na limpeza e conservação dos móveis de madeira, e é o responsável por remover todas as marcas de uso do móvel. Aplicando da forma correta é possível remover marcas de mãos, marca de objetos, sujeiras e até mesmo alguns arranhões superficiais.

Além disso, o óleo de peroba possui em sua fórmula componentes que ajudam a proteger a madeira independente do tipo dela, servindo não apenas para dar brilho aos móveis, mas para conservá-los, conferindo limpeza e um brilho incrível, além de uma alta durabilidade por muito mais tempo.

Como usar o óleo de peroba?

O modo de usar dependerá muito do tipo de móvel o qual você pretende aplicá-lo e também depende de outras questões, como se o móvel de madeira é exposto diretamente aos raios solares ou se fica em locais mais úmidos e fechados. Embora pareça super simples, esses fatores sempre tem que ser levados em consideração, pois seu objetivo é limpar os móveis deixando-os com mais brilho e conservação, e você só atingirá esse objetivo se usar o óleo de peroba da forma correta.

Caso o seu móvel fique exposto por mais tempo ao sol, o ideal é fazer uso do óleo de peroba com maior frequência, aplicando pelo menos 2 vezes ao mês. Se esse não for o caso, então o óleo deve ser aplicado apenas 1 vez a cada 3 meses, pois a sua aplicação excessiva poderá acarretar em uma camada do produto que acabará prejudicando o móvel ao invés de ajudar, e assim não atenderá seu objetivo.

Confira agora o passo a passo de como utilizar o óleo de peroba da maneira certa:

  1. Utilizando de uma flanela úmida, primeiramente retire toda a poeira e sujeira do móvel.
  2. Na sequência aplique o óleo de peroba em uma flanela seca e com movimentos circulares, aplique o produto por toda a extensão do móvel, deixando-o agir enquanto faz a própria aplicação.
  3. Com uma outra flanela seca, remova o excesso que ficou do óleo de peroba no móvel, também fazendo movimentos circulares, simulando o movimento de lustração.

Quais são os benefícios do óleo de peroba?

  • Deixa os móveis brilhosos e com um aspecto de renovado;
  • Conserva os móveis por um longo período;
  • Remove as sujeiras e algumas marcas de uso, como pequenos arranhões;
  • Possui fácil aplicação;
  • É de fácil acesso, podendo inclusive ser comprado em qualquer supermercado ou pela internet;
  • É um produto relativamente barato.

Como fazer o óleo de peroba em casa?

Se você quiser ainda mais praticidade, ainda poderá fazer seu próprio óleo de peroba usando apenas alguns minutinhos do seu tempo e 3 ingredientes!  Confira abaixo o passo a passo completo:

Ingredientes necessários:

  • ½ copo de azeite de oliva extravirgem;
  • ½ copo de vinagre de álcool;
  • 5 gotas de óleo de citronela ou outro de sua preferência.

Modo de preparo:

  1. Em um pote, coloque o vinagre e o azeite.  Em seguida misture até que fique homogêneo.
  2. Em seguida é só você acrescentar as gotas de óleo essencial de citronela ou do seu óleo essencial preferido e misturar novamente.
  3. Feito isso seu óleo estará pronto para ser usado imediatamente e você poderá deixar seus móveis lindos e lustrados. Mantenha seu óleo em um frasco devidamente vedado, para evitar que estrague em contato com o ar.

O óleo de peroba caseiro é uma opção incrível e super eficaz para quem já está acostumado com esse lustra móveis e não conseguiu encontrá-lo com facilidade na região onde mora, ou simplesmente não achou no mercado.

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

?Como limpar tênis branco: Veja dicas simples e baratas!?

O clássico tênis branco é algo que nunca sai de moda, e justamente por toda a sua versatilidade, pode ser usado com qualquer tipo de roupa, desde as peças mais básicas até com um vestido que seja mais delicado. Sabemos que o branco sempre parece atrair aquela sujeirinha, até mesmo por ser mais fácil de enxergar. Um tênis branco é lindo, desde que sempre limpinho, caso contrário pode passar uma ideia de falta de higiene e tenho certeza que essa não é a imagem que você quer passar, não é mesmo?

Saiba que limpar seu tênis branco pode ser muito mais fácil do que você pensa. Leia esse post até o final e fique por dentro de várias dicas que vão facilitar seu trabalho na horsa de deixar aqueles tênis encardidinhos super brancos novamente!

Como limpar tênis branco de couro?

O tênis branco feito de couro demanda alguns cuidados para que não fique ressecado, o que estraga o seu material. Além disso ele não pode ser lavado na máquina, pois ficará para sempre com aquela aparência de amassado.

Para poder limpar seu tênis branco de couro, é só usar um pano úmido com sabão neutro, e em seguida retirar o sabão com outro pano úmido. Depois disso é só passar um pano seco para remover o excesso de água que possa ter ficado na superfície e deixar o seu tênis secando na sombra, pois o sol pode deixá-lo amarelado ou fazer com que seque com manchas.

Como limpar tênis branco de tecido?

Na maioria das vezes, essa pode parecer uma tarefa simplesmente impossível de ser realizada, especialmente se o seu tênis estiver mais encardido ou então com manchas. Não há motivo para desespero! Veja o passo a passo que separamos para você e que trará resultados incríveis:

  • Remova os cadarços e as palmilhas e então coloque-os de molho em um recipiente com água e sabão em pó. Deixe essas peças de molho por algum tempo e na sequência use uma escovinha para esfregar a palmilha.
  • Para a limpeza da lateral emborrachada e da sola do seu tênis você deve usar uma escova com cerdas mais firmes, assim você conseguirá remover o acúmulo de sujeira.
  • Depois disso molhe os tênis e use a escovinha com um sabão neutro, esfregando com bastante cuidado, especialmente onde houverem manchas ou maior concentração de sujeira. A dica de secar na sombra continua valendo, afinal, você não quer que seu tênis fique amarelado, não é?
  • Uma dica ótima é colocar  jornal seco amassado dentro do tênis enquanto seca, assim ele não perde seu formato depois de seco.

Limpando seu tênis branco com bicarbonato

Não sei se você sabe, mas o bicarbonato de sódio é algo indispensável em casa, pois ele realmente tem dezenas de utilidades, tanto nas questões de saúde e beleza quanto na parte de limpeza de casa.

O bicarbonato também é uma opção incrível para limpar seus tênis brancos, e você só precisará fazer uma pastinha usando bicarbonato, vinagre branco e água na proporção 1/1. Tanto o bicarbonato quanto o vinagre tem um alto poder de branqueamento de tecidos.

Depois que fizer a pastinha, é só passá-la pelo tênis branco com a ajuda de uma escova, e enxaguar na sequência com água corrente. Vale lembrar que essa mistura é capaz de remover manchas e sujeita tanto da parte emborrachada do tênis quanto da parte de tecido.

Limpando seu tênis branco com pasta de dente

Para realizar a limpeza dessa forma, você irá precisar de uma pasta de dente branca (nada daquelas em gel ou coloridas, tem que ser totalmente branca e pode ser daquelas mais baratinhas mesmo) e também de uma pequena quantidade de sabão líquido, preferencialmente os que são destinados a roupas brancas.
Veja como fazer:

  • Primeiramente molhe uma escovinha e esfregue o tênis com o detergente, limpando em seguida a espuma com uma toalha macia.
  • Em seguida você deve aplicar uma quantidade pequena de pasta de dente branca na escova e esfregar o tênis suavemente.
  • Depois que terminar, limpe o tênis novamente com a toalha e deixe-o secando à sombra.

Posso colocar o tênis branco na máquina de lavar?

De modo geral, apenas tênis que forem feitos de camurça e couro não devem ir para a máquina de lavar, por danificar seus materiais, mas lavar os outros tênis na máquina pode igualmente desgastar seu material e até mesmo estragar a sua máquina.

Caso deseje, ainda assim, lavá-los à máquina, por ser a forma mais prática, faça isso sempre no modo suave, de modo a danificar o mínimo possível seus tênis.

É possível lavar sem esfregar?

Sim. Nesse caso você pode apelar para uma misturinha de oxigenada e bicarbonato de sódio, aplicando no tênis branco com uma escova ou pano e deixar secar ao sol naturalmente. Em seguida é só sacudir os tênis e pronto, sem necessidade de esfregar nem mesmo de enxaguar.

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

?Como limpar porcelanato? Aprenda tudo aqui?

A forma de limpar porcelanato é uma das dúvidas mais comuns de quem investe nesse tipo de piso para a casa. O porcelanato apresenta diversas questões bem particulares que tem de ser vistas com calma, para não danificar ou manchar. Falaremos mais sobre como limpar porcelanato, o que é bom e o que não é quando o assunto são porcelanatos e ainda como realizar a limpeza pós-obra, que pode ser a mais complicada no caso dos pisos de porcelanato.

Como limpar porcelanato no pós-obra?

Um dos momentos mais difíceis do porcelanato é exatamente o pós-obra, afinal a possibilidade do porcelanato ser riscado por uma pequena sobra de areia ou cimento é gigante. Por isso é recomendado varrer o porcelanato com uma vassoura de cerdas macias antes de passar o pano úmido, para evitar atrito. Assim você garantirá que o pano não danifique nada. Os rejuntes são um caso à parte, pois, dependendo do tipo de rejunte, pode ser que ele exija algum método diferente de limpeza.

Outro ponto bem importante no pós-obra é não se desesperar quando perceber que o porcelanato brilhante está fosco. Isso acontece porque ele está envolvido em uma cera para evitar que risque durante o transporte e a aplicação. Realizar a limpeza do porcelanato com essa cera é bem simples: é só usar um saponáceo cremoso ou cimento branco,  assim você terá uma solução simples para esses casos.

Outra questão é a sujeira que pode ocorrer quando os aplicadores são descuidados. Nesse caso, a melhor forma de limpar porcelanato é utilizando produtos especializados, que manterão o brilho e também protegerão seu porcelanato.

Como limpar porcelanato no dia a dia?

Quando falamos da limpeza diária de porcelanato, a dica é focar primeiramente na limpeza de rotina, mas estar preparada para todo o tipo de acidente, pois todos sabemos que o porcelanato é extremamente sensível a uma série de manchas e pequenos riscos. Mostraremos como limpar porcelanato em cada um desses casos:

A limpeza diária pode ser feita com a vassoura de cerdas bem macias e um pano úmido, só para tirar os excessos e a gordura do porcelanato. Não aplique nenhum produto diretamente no porcelanato, isso pode acabar manchando ele.

No caso de manchas especificas, existem algumas soluções para cada tipo de problema, que irão salvar seu porcelanato:

Graxas e óleos: Recomenda-se a limpeza com água quente e detergente alcalina.

Tintas: Removedor de tintas (sempre use com cuidado e em pouca quantidade!).

Ferrugem e café: Nesse caso, o indicado é utilizar água sanitária, saponáceo cremoso e limpeza total.

Tinta de caneta: Utilize um solvente orgânico, como acetona ou benzina. Use somente o necessário para retirar a mancha.

Borracha de pneu: Utilize um solvente orgânico (aguarrás) ou um saponáceo cremoso. Embora o porcelanato não seja o piso mais recomendado para garagens, esse procedimento ajuda bastante.

Cerveja ou vinho: Detergente alcalino ou então água sanitária.

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

?Mofo: como acabar com ele??

O mofo com toda a certeza é um verdadeiro inimigo para uma casa. Ele surge da combinação perigosa de umidade com locais onde falta sol, e pode tomar conta de diversas coisas guardadas e inutilizá-las totalmente, principalmente no que se refere a materiais naturais, como tecidos, papéis e outros produtos que absorvem a umidade.

Lendo esse post até o final você ficará sabendo como o mofo surge, como preveni-lo, combatê-lo e também como recuperar peças de roupa, móveis e outros objetos de decoração que acabaram vítimas do mofo.

Mofo: um inimigo silencioso e traiçoeiro

O mofo nada mais é que um tipo de fungo, que, como já vimos anteriormente, é causado pela combinação de umidade, material biodegradável e a falta de luz solar. Por esse motivo dentro dos armários, principalmente em locais onde a umidade do ar é bem alta, como em áreas de serra e áreas litorâneas, próximas a grandes matas, entre outros, o mofo faz das roupas, cobertores e outros itens de tecido, especialmente o natural, alguns dos alvos mais frequentes do problema.

Os móveis também podem passar a apresentar mofo se ficam encostados em paredes com infiltrações. Esta é, na verdade, a causa mais comum de pontos de mofo dentro de casa, bem como em cômodos sem luz solar suficiente.

É fundamental lembrar que o mofo precisa dos três elementos para que se desenvolva e infeste um cômodo. Se só existe uma infiltração, mas o local recebe luz solar, o desenvolvimento do mofo vai ser bem demorado, ainda que talvez aconteça. Assim como ocorre com a luz solar e com o material biodegradável.

Agora que já sabemos mais sobre quem é o inimigo, mostraremos que o arsenal para acabar com ele está bem mais perto do que você acredita.

Produtos prontos e caseiros para combater o mofo

Existe uma enorme variedade de produtos anti mofo no mercado, cada um deles é destinado a um tipo de uso. A maioria das formas de combater o mofo de dentro dos armários usam produtos de origem calcária e similares, que, por serem extremamente porosos e tenderem a acumular umidade, fazem com que o resto do armário fique livre desse problema.

Se você procura uma solução alternativa, saiba que o giz escolar também é uma ótima solução nestes casos. Você pode deixá-los dentro do armário afetado pela umidade e então descartar e substituí-los.

Para alguns tecidos como roupas, blusas e cobertores, aplicar vinagre já é suficiente, sendo recomendado que a peça seja lavada antes do uso. Infelizmente, ainda não desenvolveram um anti mofo industrializado para ser usado em tecidos, e os de pisos são super agressivos, podendo manchar e até mesmo inutilizar a peça de roupa.

Para paredes, pisos e outros, existem muitos produtos com ácidos para esta limpeza, mas o limão também pode ser  utilizado no combate ao mofo e oferece excelentes resultados! Não esqueça de lavar muito bem as mãos depois de utilizar o limão, para evitar qualquer tipo de queimadura ou mancha solar.

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

You cannot copy content of this page