Tag: lavagem

?Lavar roupas brancas: dicas importantes e cuidados?

Com o verão, nossa vontade de usar roupas claras aumenta muito, não é mesmo? As roupas brancas estão entre as favoritas, porém, nada pior do que ter problemas como aquela sua peça de roupa branca favorita. Falaremos a seguir sobre como lavar corretamente as roupas brancas, sem estragá-las nem gastar muito dinheiro com produtos especializados, além de várias outras dicas incríveis!

Quais são os problemas das roupas brancas?

Infelizmente a quantidade de agentes que podem amarelar as roupas brancas é tão grande que fica difícil falar de todas elas. Além das manchas, que ficam destacadas e praticamente inutilizam as roupas brancas, tem também o amarelamento que as peças adquirem quando se usa alvejantes com cloro, as marcas de ferro, entre tantas outras possibilidades. A notícia boa em relação ao processo de clarear roupas brancas é que você tem duas formas bem diferentes de lavar roupas brancas: uma delas é usando os produtos comerciais destinados especialmente a isso, a outra é utilizar as diversas soluções caseiras que estão à disposição.

Quais as formas de lavar as roupas brancas?

Quando se trata dos produtos comerciais para branquear as roupas, logo pensamos em linhas de produtos como o Vanish, pois trazem soluções sem cloro para deixar as roupas ainda mais brancas. Apesar do valor elevado, esses produtos preservam melhor das roupas do que as soluções com cloro, embora encontrem um pouco de dificuldade para tirar aquelas manchas mais encardidas das roupas brancas que podem precisar de mais do que uma lavagem.

Ao conhecer os métodos caseiros de lavar roupas brancas para remover as manchas e encardidos, você irá perceber que existem coisas bem simples que podem ser feitas pelas roupas brancas:

  • Lavar em água morna: Sempre verifique a etiqueta. Se a roupa puder ser lavada em água morna, faça-o. A temperatura da água vai ajudar o sabão e outros produtos a trabalhar melhor as manchas e o amarelado. Tome cuidado, porém, com lã e os outros tecidos naturais, pois eles podem encolher de forem lavados com água morna.
  • Molho em álcool: O álcool é super útil para clarear as roupas, podendo ser usado de várias formas. Algumas pessoas, inclusive, acrescentam vodca em garrafas com spray e usam como tira manchas e desodorizadores de roupa. Você pode usar de forma similar ao alvejante, deixando de molho por uma ou duas horas e então lavando normalmente.

  • Açúcar e alvejante: Existem pessoas que afirmam que a reação que o cloro tem com as roupas brancas, deixando-as amareladas, é relacionado diretamente à acidez. Assim como é feito na culinária, o açúcar é usado para neutralizar a acidez do cloro. basta acrescentar cerca de cinco colheres de sopa de açúcar à água com alvejante e deixar de molho como sempre.
  • Deixar ao sol: Com certeza sua avó tinha o costume de deixar as roupas brancas expostas ao sol e elas ficavam bem mais brancas, não é? Que tal fazer o mesmo? Secar as roupas brancas ao sol é um das melhores maneiras de recuperar o brilho delas naturalmente. É bom tomar cuidado, no entanto, pois isso também pode prejudicar as fibras e acabar diminuindo a vida útil das roupas.
  • Use leite nas peças de seda: se a peça de seda está amarelada, basta deixá-la de molho no leite integral por 24 horas e em seguida enxaguar com água e a deixá-la secar à sombra.

Existem diversas opções para melhorar o processo de lavagem de roupas brancas no seu dia-a-dia.

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

 

?Lavagem de roupas: 5 dicas que você provavelmente não sabe?

Quando precisamos aprender a lavar roupas, geralmente nos ensinam de maneira meio apressada, isso quando chegam a nos ensinar, não é mesmo? Muitas pessoas só tiveram de encarar uma máquina de lavar pela primeira vez quando saíram de casa ou então em uma situação emergencial, quando a mãe ou a diarista não puderam fazê-lo.

Ainda que você já lave roupas há bastante tempo e se considere muito boa nisso, é sempre bom aprender algumas dicas que podem fazer sua rotina e as suas roupas ficarem bem melhores, não é? Leia esse post até o final e fique por dentro de várias dicas que te ajudarão a deixar sua lavagem de roupas mais organizada, para que as roupas não se desgastem, além de programar corretamente o tempo de molho para cada tipo de roupa.

Como separar suas roupas além das cores?

Além de separar as peças de roupa entre brancas e coloridas, você também deve separar as coloridas manchadas, que deverão ter um molho diferente e colocar as roupas mais frágeis, como a lã, o tricô e o crochê, além das peças íntimas dentro daqueles saquinhos protetores de roupas, que podem ser encontrados em vários lugares.

Como deve ser o molho das roupas?

Ao contrário do que muitos afirmam, o molho das roupas é extremamente importante no processo de lavagem de roupas, e você pode deixar as roupas brancas de molho até mesmo de um dia para o outro. Quanto às roupas coloridas, devem ficar no máximo de 15 a 20 minutos, pois o molho faz com que as cores desbotem aos poucos.

Já usou álcool nas roupas brancas?

Pois é! Você sabia que ao usar uma medida de álcool junto com o sabão em pó deixará as roupas brancas ainda mais brancas? Essa é uma ótima forma de economizar, pois não será mais necessário investir em alvejantes caros, que nem sempre surtem algum resultado satisfatório.

Use o mínimo de pregadores possíveis

Os pregadores acabam estragando as roupas. O mais indicado é que você consiga estender as roupas em cabides, porém, se não tiver outro jeito, você deve usar o mínimo de pregadores possível, unindo duas peças com o mesmo pregador.

Dicas para preservar os diversos tipos de tecido:

Lã: Para que a peça de lã não encolha nem estrague suas tramas, é só lavar à mão ou com os saquinhos protetores em temperatura ambiente e colocá-las para secar em posição horizontal.

Algodão: Não lave as peças desse material em água quente e, caso as roupas sejam coloridas, é muito importante lavá-las separadas de outras peças de roupa na primeira vez, pois elas desbotarão um pouco.

Seda: Esse é um tecido bem leve e que se desfaz super fácil, portanto nunca torça ou centrifugue. Peças desse material também devem ser lavadas à mão, Além disso, você não deve usar vapor ao passar.

Linho: No caso desse material, é muito parecido com a seda: procure lavá-lo à mão pela facilidade de destruir as fibras. Esse tecido pode ser passado tranquilamente, afinal ele amassa muito.

Acetato, viscose e outros tipos de tecido sintéticos: não devem ser centrifugados para evitar deformação e é melhor nem passar, pois peças desses materiais queimam com uma facilidade absurda.

Poliéster Nylon e lycra: Também são peças delicadas que devem ser lavadas em água morna, e o ideal também é evitar passar as roupas desses tecidos, afinal, a probabilidade de queimar as peças enquanto as passa é muito grande.

Agora você já está pronta para arrasar na lavagem de roupas!

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

 

You cannot copy content of this page