?Dor de cabeça?

Não sei se você sabia deste fato, mas a verdade é que pelo menos 63 milhões de brasileiros sofrem de dores de cabeça todos os dias. Este tipo de dor é caracterizado por poder ser em diferentes intensidades e em qualquer região da cabeça. Segundo os especialistas, a dor de cabeça é uma das dores que mais causam automedicação, e usar constantemente os analgésicos para acabar com a dor pode impedir o médico de identificar um problema mais sério.

Também é relevante dizer que a dor de cabeça em si não atinge o cérebro diretamente, mas atinge outras regiões que ficam ao redor do crânio, como por exemplo a pele, os músculos e até os dentes. Nos casos em que a dor chega até as células cerebrais, trata-se de um problema mais grave e muito diferente da cefaleia convencional. Este tipo de problema requer que você procure imediatamente por um médico. Bom, vamos entender um pouco mais sobre as dores de cabeça?

Como são classificadas as dores de cabeça?

De forma geral, as dores de cabeça são simplesmente divididas entre cefaléias primárias e secundárias. As primárias, como o nome sugere, são as dores de cabeça básicas em que a própria dor é o problema a ser tratado. Entretanto, as cefáleias secundárias são oriundas de alguma enfermidade, como dengue, gripe ou sinusite.

Entendendo mais sobre a Enxaqueca

A dor da enxaqueca merece destaque pois ela não é uma simples dor de cabeça, trata-se de um tipo de distúrbio neurovascular crônico. E o seu sintoma principal é a dor de cabeça de forma intensa média e alta, sempre latejante, e que é precedida pelo que os médicos apelidaram de aura: sintomas que apontam que a enxaqueca vai se manifestar em breve como o embaçar a visão, ver manchas, ter náuseas,  ter maior sensibilidade à luz e ao som, além da irritabilidade.

Quais são as causas da cefaléia primária?

Vamos entender porque algumas dores de cabeça acontecem:

  • Tensão contínua – este problema corresponde a 90% das causas de dor de cabeça que as pessoas tem. E claro, isto é resultado de grande tensão por um grande período de tempo.
  • Problemas de visão – é uma dor específica que geralmente dá logo acima dos olhos e a fronte. A causa dessa dor geralmente está relacionada a algum problema de visão, como hipermetropia, miopia ou astigmatismo.
  • Dificuldades para dormir – é no sono que o corpo produz o hormônio da melatonina, que regula o ciclo do sono e é produzido em resposta ao ambiente escuro. Este hormônio também atua evitando a dor, protegendo o sistema nervosos central e estimulando o sistema imunológico.
  • Alimentos –  algumas das substâncias que estão presentes em alimentos, como chocolates, café e queijos, podem ser responsáveis pelo desencadear a dor.

Qual é o melhor tratamento para cefaléia?

Via de regra, o tratamento das cefaléias primárias costumam ser feitos através do uso de alguns analgésicos comuns. Contudo, se você tiver lidando com os sintomas de enxaquecas orientamos que converse com seu médico sobre isso. No caso da enxaqueca, costuma haver medicação profilática. Já as cefaléias secundárias não têm segredo: o tratamento se voltará para a doença que está ocasionando a dor, geralmente acompanhado de analgésicos para diminuir o desconforto.

Leave a Reply