?Dieta da USP: Um sucesso perigoso?

Se você é alguém que constantemente procura saber sobre dietas, possivelmente já ouviu falar sobre a dieta da USP que nasceu nos anos 90,  e que foi um verdadeiro sucesso pela forma como combinava a restrição de carboidratos extrema e o aumento do metabolismo por meio do café. Embora isto realmente seja uma combinação muito forte, ela trás uma série de problemas de saúde que vamos falar aqui.

E claro, vale lembrar que que este tipo de dieta altamente restritiva acompanha uma série de riscos, e antes de pensar sobre você precisa estar ciente deles. Vamos entender um pouco mais sobre esta dieta antiga e famosa?

Qual a origem da dieta da USP?

Antes de tudo você precisa saber que a Dieta da USP não é da USP. Ela não foi desenvolvida por nutricionistas da USP, não oficialmente. Os rumores indicam que ela foi criada por alguma estudante ou ainda algum nutricionista pouco recomendado que queria chamar a atenção e que saiu por ai falando mais do que devia sobre um assunto tão deliciado quanto a nossa saúde.  Infelizmente, deu muito certo, pois ela atualmente, é uma das dietas de emergência mais conhecidas.

Esta dieta é basicamente vivenciar uma alimentação de ovos, presunto e café. O que são duas fontes de proteínas potentes e muito fáceis de encontrar, e com isso fazer companhia de um dos mais poderosos estimulantes corporais existentes que é o café. E sim, funciona poder ter certeza de que você perderá até 12 Kg em uns 15 dias. Vale dizer que essa dieta é considerada uma dieta de emergência, se você ficar muito tempo nela os problemas de saúde serão consideráveis e talvez irreversíveis.

O período de 15 dias é o máximo recomendado, para evitar que as alterações drásticas causadas pela dieta da USP se tornem problemas, como pressão alta, colesterol, além de problemas cardíacos e hepáticos.

Quais são os cuidados e contra indicações da dieta da USP?

Lembre-se que esta dieta é uma ação de emergência. E que o emagrecimento que ela proporciona não é realmente saudável uma vez que a perda acontecerá em líquidos, gorduras e massa muscular igualmente. Por isso fique atento, pois essa dieta pode fazer o temido efeito sanfona se você não cuidar. Orientamos que você consulte um médico antes de começar este tratamento. E mais do que isso, não é recomendado seguir a dieta da USP se você for portador de algum destes problemas:

  • Risco de problema cardíaco (desencorajamos quem tenha tendência genética, se você tiver qualquer tipo de problema cardíaco, não faça esta dieta).
  • Risco de problema hepático (rins e fígado são muito cobrados nesta dieta, e se você já os tem prejudicados por qualquer motivo, pode ser melhor escolher outra opção de dieta, que cobre menos deles).

Então, sim a Dieta da USP realmente funciona, mas você deve cuidar com os efeitos colaterais que ela causa. Não se deixe levar pela empolgação de perder peso e lembre-se que não adianta perder peso e perder saúde ao mesmo tempo ok?

Gostou do texto? Que tal você ver este vídeo sobre o assunto? Tenho certeza que vai te ajudar bastante!

Leave a Reply