🥇Amamentação: importância e dicas🤔

Quando ouvimos alegações de que é uma prática criminosa, que deveria ser feito entre quatro paredes ou até mesmo coisas de cunho sexual em relação à amamentação em público, só podemos chegar à conclusão de que a sociedade, definitivamente, não está aberta para as necessidades da mulher.

O maior problema com este tipo de pensamento é a forma de sexualizar esse momento que tem muito mais a ver com um ato de amor entre mãe e filho do que qualquer outra coisa de cunho sexual.

Muitos artistas e celebridades fizeram ensaios para demonstrar a beleza desse ato com o intuito de encorajar as mulheres a sentirem-se livres para amamentar em público. Certamente, a conotação sexual de um ato tão puro, só pode vir de uma sociedade que vê o corpo da mulher como um objeto.

Nos posicionamos completamente favoráveis a este ato, de amamentar onde for possível, e para defender nosso posicionamento, abordaremos as vantagens para as mães e seus filhos, além, é claro, de falarmos sobre como ajudar seu bebê com a amamentação ideal.

Quais as vantagens da amamentação?

 

Amamentar é  fundamental, para a mãe e também para o bebê. A amamentação fortalece poderosamente os laços entre mãe e filho, além disso, existem muitas outras vantagens:

  • O bebê tem menos chance de adoecer, principalmente no primeiro ano, que é um período em que os bebês são extremamente sensíveis.
  • Uma das vantagens que poucas pessoas conhecem é que o leite materno é capaz de se adaptar às necessidades do bebê de acordo com o seu crescimento, pois é muito mais eficiente do que a fórmula artificial em se tratando de satisfazer por completo as necessidades do bebê.
  • Além disso, as vantagens ao amamentar também se apresentam para as mães: além do gasto de calorias, amamentar previne a mulher de diversos problemas, inclusive o câncer de mama e de ovário.

Quais as dicas de amamentação para as iniciantes?

A sensação da primeira mamada tende a ser incrível, mas algumas mulheres ficam tão inseguras quanto ao ato da amamentação que isto acaba afetando o bebê, e isso pode dificultar todo o processo.

Se você seguir estas dicas iniciais e, acima de tudo, deixar que a relação com seu bebê se estreite e ganhe intimidade com ele, amamentar será muito mais fácil:

  • A amamentação não pode doer, então se você sentir qualquer tipo de incômodo, procure ajudar seu bebê a encaixar-se melhor no bico do seu seio
  • Permita que ele sugue com vontade; isto vai estimular seu corpo a produzir ainda mais leite. Faça também com que seu bebê ponha a auréola quase inteira na boca para mamar.
  • Nos primeiros 4 dias, você produzirá uma quantidade bem menor de uma substância muito mais grossa, que é chamada de colostro. Pode deixar seu bebê consumi-lo sem medo, o colostro é excelente para ele.
  • Os itens que você pode considerar bem importantes nesse momento são:  os absorventes de seio, sutiãs de amamentação e também pomadas de lanolina, além, também, das conchas de silicone, que ajudam as mulheres que não possuam um bico muito desenvolvido.

Mais importante do que qualquer coisa é não sentir-se envergonhada de amamentar onde quer que seja, principalmente se você for uma mulher trabalhadora e não puder passar muitos momentos com seu bebê. Não deixe que a forma errada de enxergar esse momento transforme algo puro em qualquer outra coisa.

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

Leave a Reply