🥇Bichectomia: conheça mais esse procedimento🤔

É cada vez mais comum realizar uma cirurgia plástica. Seu acesso está muito mais fácil nos dias de hoje, o que é maravilhoso para as pessoas que não aceitam algo em seus corpos e podem, enfim, recuperar a autoestima e viver intensamente se amando cada vez mais.

O que alguns julgam uma futilidade ganha uma importância enorme para outras pessoas, afinal, somente aqueles que carregam algo que desejam mudar sabem o peso que isso tem nas suas vidas, inclusive a forma como isso afeta a autoestima. Com os avanços da medicina e da tecnologia médica quase todo o tipo de cirurgia pode ser realizada, dos mais comuns, como silicone e preenchimentos até a bichectomia, que consiste em uma cirurgia feita na bochecha.

Falaremos sobre a cirurgia, para quem ela é destinada, além de como é feito o preparo pré e pós-cirúrgico.

O que é a Bichectomia e qual o seu resultado?

A bichectomia é uma cirurgia feita na bochecha e tem o propósito de deixar a mandíbula mais aparente, diminuindo a bochecha e deixar as maçãs do rosto mais salientes.

A cirurgia de bichectomia vem ganhando cada vez mais adeptos no Brasil, mas em alguns países como os Estados Unidos, por exemplo, ela é amplamente realizada.

Como saber se devo fazer a bichectomia?

Como em qualquer cirurgia estética, a decisão deve ser tomada após muita reflexão, pois a cirurgia irá modificar seu corpo e a forma como você e as outras pessoas te enxergam vai mudar. Em relação a bichectomia essa mudança pode ser gigantesca, pois irá mudar todo o formato do seu rosto. Após a bichectomia seu rosto pode ficar até 70% mais fino, o que pode tornar você quase irreconhecível.

É de extrema importância consultar u profissional qualificado e não ter vergonha de perguntar nada! Lembre-se que cirurgia plástica é coisa séria, por menor que seja, e saber tudo sobre o procedimento antes de realizá-lo é fundamental. Faça uma pesquisa aprofundada também sobre o assunto e analise os prós e contras.

Como é feito o pré-cirúrgico?

Escolha um ótimo profissional, o qual você confie e reforçamos: tire todas as dúvidas sobre o procedimento. Essa cirurgia, mesmo não sento de alto risco, irá modificar seu rosto, então é extremamente importante saber tudo sobre ela.

Como todos os procedimentos de caráter cirúrgico, o preparo começa bem antes do dia da cirurgia. É preciso realizar alguns exames antes de mais nada, para que possa ser verificado o risco de complicações durante a bichectomia. Caso você seja fumante, deve suspender o consumo de cigarros por um mês, visto que o consumo de cigarro atrapalha o processo de cicatrização.

Como é o pós-cirúrgico?

Ainda que seja um procedimento relativamente simples, seu rosto passou por um processo em que foi cortado e aberto, então não é incomum sentir dor, até mesmo por se tratar de uma região bastante sensível do corpo. O cuidado deve ser redobrado, afinal, um corte nessa região tão sensível (ainda que feito na parte interna da bochecha, tem chance de infecção, o que pode desencadear problemas maiores.

Geralmente são indicadas compressas que servem para aliviar a dor e inchaço do local e também uma mudança nos hábitos alimentares, que não irá conter nada muito sólido, apenas alimentos como chás, sucos, iogurte, sopas, entre outros. É preciso muito repouso também. As atividades como trabalho, faculdade ou escola deverão ser suspensas, afinal, seu corpo precisa de tempo para poder se adaptar a essa mudança.

Consulte um cirurgião plástico de confiança e discutam a possibilidade de realizar a bichectomia.

Confira o vídeo que separamos para você sobre o assunto:

Leave a Reply